| DICA!: Comece a acessar como: QueroScat.com

quarta-feira, 14 de março de 2018

(GAY) Conto: Peidos e mais peidos.

Retirado do site: scatboi.com
Escrito por: neco00
Sempre tive paixão por peidos.
Sempre ia aos banheiros públicos para ouvir os peidos dos
caras mijando ou cagando pois nesta hora os caras relaxam
no território masculino, se aliviam e soltam os mais variados peidos.
Os peidos altos, longos e fedidos são meus preferidos
principalmente se o cara está com o cu cheio de merda.
Os peidos são mais fedidos, cheiro de pura bosta.

Com o tempo fiquei com o fetiche de fazer ao vivo com alguém,
procurei muito e achei um carinha que embora não curtisse aceitou fazer comigo.
Marcamos uma tarde de domingo pra fazer isso, ele foi almoçar e comeu muita macarronada
e bebeu muito refrigerante de propósito para apimentar a brincadeira.

Cheguei na casa dele, comecei lambendo seu cu...
ele não tinha tomado banho de propósito porque eu havia pedido,
comecei a lamber seu cuzinho suado e ele soltou vários peidos fedidos na minha cara.
A cada peido eu ficava com mais tesão.

Fomos pra cama e fiquei metendo o consolo e meu pau alternadamente para provocá-lo,
tanto meu pau como o consolo já estavam melados de merda, até que ele não aguentou
mais e pediu para cagar, ficou de costas pra mim no vaso para eu poder ver melhor.

O cuzinho dele se abriu e a merda foi saindo junto com alguns peidos.
Curti muito a cena e acabei gozando uma leitada forte nas costas dele.

Depois disso quando vejo um cara gostoso na rua,
a primeira coisa que me vem a mente é, como serão seu peidos? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário