| DICA!: Comece a acessar como: QueroScat.com


terça-feira, 10 de abril de 2018

O e-mail de um garoto que ama peido.

 Autor Amigo Este é um texto escrito por um parceiro do blog.
por CP. 25 anos, hétero, RJ.


E-MAIL ENVIADO PARA O QUERO SCAT:

Como vai?

Primeiramente, gostaria de lhe parabenizar pela iniciativa do blog e
pelos excelentes conteúdos que vêm postando.


Conheci o blog através de seus anúncios no fetlife e diria que desde o começo já sou um assíduo leitor, pois sempre me interessei por esses fetiches e dificilmente encontramos alguém que fale abertamente e desenvolva um material de qualidade e de esclarecimento real sobre o assunto.

No começo fiquei um pouco com receio de entrar em contato pq sabemos como nossos fetiches podem ser mal interpretados devido ao preconceito e a má informação das pessoas.

Eu gostaria de alguma forma poder contribuir com o blog, sou tímido e não sei se minhas experiências poderiam auxiliar de alguma forma, mas pesquiso sobre esses fetiches a, mais ou menos, 8 anos e sempre tive a mente aberta para aprender mais sobre esse universo.

Bem, vou tentar resumir como descobri meu fetiche e o que eu gosto. Sou farter, ou seja, meu fetiche principal é por peidos. Eu curto mijo, cuspe e tenho me interessado por scat, mas meu fetiche principal sempre foi por peidos. Descobri basicamente com a pornografia, quando sem querer assisti um vídeo desse tema e fiquei bem excitado. No começo, não consegui entender como havia gostado daquilo e passei por toda aquela fase de negação e repulsa, até perceber que cada vez eu ficava mais interessado por isso e comecei a procurar mais e mais conteúdos sobre o tema, mas sempre com aquele pensamento: "será que sou louco?".

Com o tempo descobri o fetiche em si e passei a pesquisar, ver que outras pessoas compartilhavam dele e fui a procura delas na internet, o que, claro, foi um pouco traumático no começo, pois percebi o quanto esse fetiche é tabu até mesmo dentro do universo fetichista. Inclusive foi mal visto até por scaters, pois não conseguiam entender como meu foco podia ser o peido em si.


(imagem meramente ilustrativa)

(Salto na história para eu não me prolongar...)

Atualmente sou bem resolvido, mas claro que não saio falando pessoalmente para pessoas que não conheço sobre o tema. Entendo que o meu fetiche é voltado para intimidade e confiança, não é apenas pelo peido e sim pela pessoa que faz. Já tive oportunidade de praticar algumas vezes e sempre que possível tento conhecer mais pessoas que me entendam, queiram conversar sobre e possam dividir desse prazer comigo.

Me diga como e se eu poderia contribuir no blog, pois gostaria de ajudar outras pessoas que tem fetiches como esses e ainda possuem dúvidas e dificuldade de aceitação. Posso compartilhar experiências, que não são muitas, mas acredito serem válidas.

Desculpe se me alonguei muito, e muito obrigado por sua contribuição ao nosso universo que sempre foi tão marginalizado dentro do próprio fetichismo.

Por fim, não é o objetivo do contato, mas vc sabe como é difícil achar parceiros e não podemos perder oportunidades kkkkk. Eu gostei muito da última contribuição do blog feita pela Thais devido a sua mente aberta e, claro, por essa parte:
 "Até brinquei com o Gu que seria muito confortável estar com alguém que gosta de peidos, porque todo mundo peida e eu, particularmente, peido muito! :P"

(leia este texto aqui: Uma mulher e sua mente aberta, sobre Sexo Scat.)


Com todo respeito e se ela estiver disposta, eu gostaria de poder conversar mais com ela sobre isso e saber melhor a visão que ela tem em relação ao fetiche específico de peido

Quase esqueci de dizer, sou hétero e tenho 25 anos.

Abraço,

CP
-------------------------------------------------------------------------

Depois de uma conversa boa, CP agora faz parte dos Autores Amigos do blog.
Ele vai ter muita história boa pra contar pra gente. 


Mande o seu texto, experiências, fotos e/ou vídeos para: tavolinder@hotmail.com
Você pode aparecer por aqui. Para validar o seu material, importante se identificar com:
Nome/APELIDO FICTÍCIO, Idade, Orientação Sexual e Localização. Se desejar divulgar
algum contato, especifique-o no e-mail com a frase "Quero divulgar o meu contato".

Nenhum comentário:

Postar um comentário