| DICA!: Comece a acessar como: QueroScat.com

quarta-feira, 11 de abril de 2018

Scat e o prazer além da simples gozada

 Autor Amigo Este é um texto escrito por um parceiro do blog.
por Renan Ryuji. 30 anos, gay, RJ.


Uma das melhores coisas que o fetiche em merda pode proporcionar é o misto de sensações diferentes que ele causa em quem o pratica. E não falo só do sabor “diferente”, mas falo de todo um conjunto de sentimentos e sensações que acontecem antes, durante e depois do ato.Assim como no sexo convencional, o scat também não se resume apenas ao orgasmo como o clímax de sensação. Para que o sexo atinja o nível máximo de prazer, outros sentidos e sentimentos devem ser envolvidos e, bem, pelo menos no meu eles estão.Então quero dividir com vocês o pouquinho do que se passa pela minha cabeça na hora H.

Como se trata de uma coisa que pouquíssimas pessoas têm oportunidade de fazer com certa frequência, quando aparece a oportunidade de poder ter aquela foda gostosa com scat, a minha ansiedade chega a mil. No meu caso em particular quase nunca é uma coisa que acontece na hora, normalmente quando sei que vou poder fazer, é foda marcada no dia anterior ou até bem antes disso. E aí, o que acontece é que nos dias que se antecedem à foda eu quase que não consigo controlar o desejo. Não durmo direito, é um tesão que não baixa. E aí quando chega o dia, e estou indo ao encontro do cara que vai me fornecer ou ele está vindo aqui em casa, eu fico tão nervoso que chego a ter uma tremedeira de leve, o coração dispara e fico até gago. Que louco né? O tesão e a ansiedade me dominam a um ponto que meu corpo fica sem controle. Os minutos viram horas e só consigo pensar em como dever ser a merda do cara: qual a cor, o cheiro, a textura, o sabor. Não dá pra pensar em nenhuma outra coisa.


                Durante o momento do sexo, é um êxtase total! Eu tenho um tesão, uma paixão tão grande por merda que me sinto num estado de plenitude total quando estou com outro cara, em especial se eu estiver na posição de recebedor. Sinto-me até fora do meu corpo nesse momento. Sei que parece um tanto louco pensar dessa forma mas é exatamente isto que eu sinto. Eu me sinto leve, realizado, extasiado: uma sensação de estar no céu! O gosto de merda e mijo se alastrando pela minha boca, a sensação de ter sido cagado e mijado por alguém, a posição de submissão que se mistura com a posição de cumplicidade de quem teve o cuidado de compartilhar a própria merda comigo, tudo isso me deixa muito louco. É muito difícil de descrever o que seu sinto, mas acredito que isso que tentei escrever é o que mais se aproxima.

                Quando termina a sessão existem dois momentos na minha vida: antes eu sentia um forte peso na consciência, um remorso, um pensamento de “Tenho que parar com essa doideira!”, e por muito tempo perdurou, até que aceitei o fetiche e comecei a poder aproveita-lo em toda a sua completude. Então, agora confesso que fico um pouco triste quando acaba porque é uma vontade tão grande de estar envolvido pela merda de um outro cara, e tão poucas as chances que eu tenho de fazer isso que parece que o tempo passou em segundos, e aí só sobra a vontade de querer fazer mais. Sempre que fodo com um cara com scat, passo curti mais e mais esse lance de merda no sexo, e aí fica impossível cansar desse fetiche. Ruim mesmo é que com essa crescente, agora o tesão começa a vir em horas erradas, principalmente quando estou na rua ou mesmo no trabalho, e aí não posso fazer praticamente nada pra aliviar esse desejo. Bom mesmo é a hora que chego em casa, sozinho então, eu posso me aliviar sozinho do jeito que eu quero, ainda que não tenha outro cara pra me ajudar.

                Esse é o tipo de reflexão que eu fiz acerca do meu prazer e acho que todo mundo deveria fazer independente de que tipo de coisas que goste de fazer, porque assim poderia viver melhor o seus desejos.
É isso aí, compreensão, consciência e tesão.


                Abraço, scaters! Até a próxima.

6 comentários:

  1. É a mesma coisa comigo! Uma ansiedade completamente diferente da que eu fico na expectativa de sexo sem merda haha

    Também fico bem feliz de ter me aceitado melhor com meu fetiche, tanto que fiz sexo com scat a primeira vez nesse final de semana. E só tenho uma coisa a dizer: foi uma das melhores fodas da minha vida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Louco isso né? Esse sentimento lembra a nossa ansiedade adolescente quando ainda estávamos experimentando o sexo. É incrível!

      Excluir
  2. Queria conhconhealguém de Recife que curte scat, meu zaz é 81992660623

    ResponderExcluir
  3. Sou da zona sul de São Paulo capital. Quem quiser conversar de scat comigo e falar de sua experiência, só falar no ZAP 11958365038

    ResponderExcluir