| DICA!: Comece a acessar como: QueroScat.com

segunda-feira, 14 de maio de 2018

Entrevista Scat nº5 | South Africa

por Gustavo Scat (Loiroomegle)


Entrevista nº5: South Africa
Um rapaz que gosta de Diaper Poop (cagar na fralda).

South Africa, 26 anos. Esta namorando, é hétero com tendências bi e mora em São Paulo - SP.


** Primeiramente, agradeço demais por aceitar a responder minhas perguntas.
 
É extremamente difícil achar quem curta Scat, principalmente quem tope
responder
 perguntas sobre.

**Você tem alguma lembrança de como começou a gostar de Scat?


Provavelmente por volta dos 10 ou 11 anos de idade comecei a me introduzir a pornografia online. Lembro de navegar através de sites famosos como SANDRINHA entre outros, certa vez lembro que um site gringo surgiu em minha navegação e o título dele era “CHICAS Y MIERDA”, até então nunca tinha visto nada do gênero, lembro de ficar com uma mistura de sentimentos. Eu estava excitado, curioso mas não tive repulsa. Uns 3 ou 4 anos após esse episódio eu estava no auge da época da punheta hahaha, não que eu não esteja ainda, mas comecei a me estimular e descobri que tinha uma fixação por masturbação anal. Dedos sujos nunca me incomodaram, continuei pesquisando na internet e só nesse momento descobri o termo que todos nós gostamos “scat”. A partir dai, me identifiquei com isso e entendi que era um fetiche.


** E como foi a fase de “auto aceitação”? Foi difícil admitir que gostava?


Francamente, essa fase nem aconteceu. A introdução ao prazer anal aconteceu junto com isso, então não houve a sensação de admitir que eu gostava e sim entender que eu gostava e que isso fazia parte da minha intimidade.

** Assistia pornôs sobre? Ainda gosta de assistir?


Assisto porno regularmente, muitas vezes na semana. Falando de Scat uma coisa que eu sempre gostei foi o panty poop (cagar na calcinha ou cueca) e diaper poop (cagar na fralda). Mas também, sexo sujo com scat, masturbação feminina e masculina com scat, pissing videos, anal gape, sexo anal. Os gêneros são meio infinitos nesse fetiche e nas variantes dele, mas certamente Diaper Poop é meu favorito.

** Aproveitando a onda pornográfica:
também deve lembrar da "viralização" do
 2 Girls, 1 Cup (vídeo pornô de Scat) 

Chegou a ouvir a opinião de repudio de alguém ou algo do tipo?
 
Na época que eu vi esse vídeo, eu estava no período entre a primeira vez que vi scat na vida e a vez que entendi que gostava disso. Então, me lembro de ter tido repudio fake para fazer parte da galera, mas ao mesmo tempo não fiquei excitado nem nada. Na minha cabeça foi algo, aceitável. Acho que meu inconsciente já sabia o que estava rolando hahaha.


** Como você se iniciou em Scat?

Nas minhas experiências em enfiar diversas coisas na minha bunda, muitas delas ficaram sujas de coco, eu curtia até bastante isso e talvez possa ter sido meio que meu primeiro contato com o scat, sem saber que era scat. A primeira vez que fiz sabendo o que estava fazendo foi cagar na minha cueca, eu deveria ter uns 14 anos. Lembro do processo perfeitamente, pois eu não queria danificar a cueca completamente e ter de jogar ela fora, fiz uma fralda improvisada. Me tranquei no banheiro em uma tarde que eu estava só em casa, coloquei bastante papel higiênico dentro dela, senti que ela estava suficientemente “impermeável” ao cocô, e liberei nela. Lembro da sensação da primeira vez, de sentir o cocô quentinho encostando em mim, dando uma apertada sentido aquele volume atrás, se espalhando no meu saco e tal. Me masturbei, sentado em cima da sujeira e basicamente, virei scater daquele momento em diante. Este processo foi repetido muitas vezes ao longo desta década e até hoje a sensação é a mesma.


** O que você gosta de fazer no Scat?

Quando comecei a me interessar no porno de cagar na calcinha (mais feminino), sempre apareciam também meninas e meninos cagando em fraldas. Eu achei aquilo uma solução muito boa para o problema que eu tinha de sujar cuecas. Então oque eu mais gosto é isso, coloco uma fralda, faço cocô nela e me divirto com a minha própria sujeira. As vezes abro ela, coloco um plug anal que eu tenho, que também tem anal peniano e escrotal, e fico um tempo com ela. Depois que me canso após umas horas, gosto de masturbar com um dildo com a bunda suja (isso é algo novo, por que eu não tinha um dildo até então), as vezes sujar meu pubis e o pinto com cocô na hora punheta. Nunca fui atraído por comer merda e etc. Outra coisa que gosto muito, é anal com o cu sujo, ou sexo sujo no geral. Tive a oportunidade de fazer um anal sujo uma vez, porem foi um acidente, então a moça não ficou muito a vontade e eu acabei não conseguindo curtir o momento.


** Você tem mais fetiches no sexo, não necessariamente voltados a Scat? Quais?
Alguns viu. Gosto das artes anais, anal gaping, anal insertion, sexo anal, fisting. Também acho muito sexy mulheres gravidas. Gosto também de enema, pissing games, voyeur, travestis, um pouco de sexo gay, squirting, fuck machines... agora só lembro desses.


** Já experimentou a sua própria merda? (ou mijo)

Uma vez em uma destas brincadeiras de me cagar, quando eu estava me masturbando, sujei o dedo e coloquei na boca por que queria saber o gosto, e como no mundo do scat isso é muito comum em excitar as pessoas, queria saber se não me excitava também. Senti o gostinho amargo, mas não foi excitante. Foi uma sensação de “ hummm ok , então esse é o sabor. De volta para punheta” hahaha.


** Gostaria que sua namorada experimentasse?
 

Se minha namorada repentinamente virasse uma amante do Scat, eu acharia legal e seria uma bela de uma farra fazer estas sujeiras com ela. Por enquanto já posso fazer sexo com ela sem ela se limpar, e já é bem legal. Mas ainda há muito a ser descoberto.


** O que você não faria jamais em Scat?

Cheiro de cu, gosto bastante. Lamber cu melado, acho que não faria. Cagar na boca, com certeza não, assim com mastigar e engolir e beijar. Mijar acho que eu sou mais inclusivo e rolaria se minha namorada ficasse excitada também. Acho que eu não me lambuzaria dos pés a cabeça com merda também, a não ser que fosse uma sessão intensa de scat com alguma outra pessoa. É bem complicado tirar o cheiro, e eu acho que ficaria incomodado.


** Tem algo em Scat que você gostaria muito de fazer, e ainda não fez?


Gostaria muito de fazer um sexo sujo de verdade, duas pessoas se sujando com suas merdas, esfregando um no outro, talvez ficar de fralda cagada com alguém depois se masturbar ou transar. Tendo feito isso somente sozinho, as possibilidades são meio infinitas.


** Que tipo de merda você mais sente tesão?

A cor não faz tanta diferença, o que faz é o volume e densidade. Dura demais não é tão bom, quando ela está com a ponta durinha e macia no meio é a melhor.


** Alguém sabe das suas vontades?

Minha namorada sabe por alto, não os detalhes sórdidos como vocês sabem agora hahah. Ela foi bem aberta quando eu contei, pois ela já percebia/sabia que eu tinha tesão anal então foi uma boa porta de entrada para o assunto, era um peso nas costas não contar para ela uma vez que estávamos descobrindo juntos essas novidades. Até então eu nunca tinha compartilhado com nenhuma namorada absolutamente nada disso. Talvez minha mãe saiba, pois uma vez ela viu uma fralda cagada no meu quarto, que estava escondida para eu jogar fora, contudo nunca troquei uma palavra com ela sobre assunto, ela vai querer entrar na minha mente hahaha e prefiro deixar ela de lado disso.



** Como acha que seus amigos próximos reagiriam se soubessem que você gosta?

Pessimamente. É constatado cientificamente que o anus tem varias terminações nervosas e pode ser um lugar de muito prazer, e mesmo assim grande parte das pessoas ainda não consegue pensar nisso sem ser algo que transforma o cidadão instantaneamente em gay. 



** Sites de relacionamento Scat... Tem algum pra indicar?

Eu não participo de blogs no momento, mas sou um frequentador de muitos sites e tenho uma pagina no Tumblr com uma misselânia de fantasias. Segue alguns endereços para vocês


https://www.tumblr.com/blog/southafrica91 - é necessário ter uma conta
http://motherless.com/term/scat - esse site é o site com mais conteúdo que eu já vi


** Normalmente é muito mais difícil achar mulheres que aderem a prática. 
Você acredita que possam existir muitas delas outras que curtem, mas tem medo de assumir?


Com certeza. O fascínio pelas fezes e pelo anal, é algo que é criado em nossa infância na fase Anal, que segundo Freud define parte da nossa sexualidade. Então se aconteceu comigo, e eu sou uma pessoa sem problemas psicológicos aparentes, certamente aconteceu com outros. O mundo é muito grande com muita gente não é ?

CONSIDERAÇÕES FINAIS:

Agradeço a grande simpatia do Gustavo em me receber e falar abertamente sobre o assunto comigo, além de tratar com uma descrição muito profissional meu relato.
Prefiro não enviar nenhum contato pessoal, mas caso tenha algum interessado(a) em trocar figurinhas o Gustavo pode nos colocar em contato (comentários sempre bem vindo nesta postagem) ou através da minha conta do Tumblr que já foi divulgada a cima, que também é um outro meio que eu respondo mensagens ativamente.

Sem mais, obrigado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário