| DICA!: Comece a acessar como: QueroScat.com


segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Alter Ego, Scat e eu.

 Autor Amigo Este é um texto escrito por um parceiro do blog.
por Renan Ryuji. 30 anos, gay, RJ.


Todo scater praticamente vive um mesmo medo que todos que praticam este fetiche têm: ser exposto. Por o scat se tratar de uma prática rodeada de tabus, e visto como algo obscuro e até condenável pelas pessoas que não são adeptas, são poucos os scaters quem tem a coragem de dar a cara tapa e se expor com seu nome real e/ou mostrando o seu rosto em fotos e vídeos durante a prática, pois sabendo que a internet sendo território de ninguém e uma vez que determinada informação é jogada na nuvem ela jamais poderá ser apagada, então fica bem compreensivo de entender o porquê deste receio. 
Eu mesmo sempre tive esse receio, e por isso adotei um nome que não é o meu, e sempre usei para me esconder durante a busca de outros caras que também curtam.  Entretanto, essa coisa de criar um nome diferente e o próprio medo de ser descoberto, de certa fez o nome deixar de ser apenas um nome e virar uma espécie de alter ego! É uma coisa meio louca na verdade, mas vou tentar explicar de uma forma que seja fácil à compreensão: com a criação do “Renan” a minha mente de alguma forma “separou” as coisas lá dentro dela. O Renan é uma cara bem loucão, que adora viver a porquisse como uma filosofia de vida: curte os cheiros corporais, adora papel higiênico sujo, curte demais beber mijo, chupar sebo em um pau sujo, e ama, mas ama MUITO merda! O outro eu, que vamos chamar aqui de Renan-L side (L de Limpo no caso) tem mania de limpeza, se incomoda com odores fortes e é extremamente organizado. Tudo bem que ele começou a ter essas atitudes para disfarçar determinadas situações, quando, por exemplo, entrava num banheiro imundo e todo mundo reclamava, ele estava de boa com o cheiro de merda, mas se então houvesse outra pessoa no banheiro, fazia aquela cena de estar incomodadotampar o nariz, etc. Mas assim, com o tempo, realmente passou a se incomodar de verdade com essas coisas enquanto o Renan não! Muita loucura né? 
A convivência entre o Renan e o Renan-L side é extremamente harmoniosa: um nunca critica e nem atrapalha o outro. E nem têm embates de opiniões sobre o que fazer ou o que não fazer, sempre concordando em tudo, nos dos lados. Só que claro, tem períodos que um Renan está mais “predominante” que o outro. Recentemente passei por uma fase meio turbulenta com mudança de emprego e de casa, e nessa confusão toda, o Renan-L side dominou mais a situação. Agora uma vez tudo esta organizado, os dois voltaram ao equilíbrio. Eu não sei se você também tem uma experiência semelhante com a vida scater de vocês ou se isso é uma loucura que a minha cabeça inventou sozinha! Mas queria muito saber de vocês como que vocês convivem com esse sempre presente medo de exposição, se já passaram por alguma situação chata por conta de medo, e se também tem esse alter ego muito diferente do seu L-side?  
É isso... 
beijos com gostinho de merda na boca pra vocêsaté a próxima galera!
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário