| DICA!: Comece a acessar como: QueroScat.com


segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Conto: Prima que mijou gostoso.

Retirado do site: contoerotico.com.br
Escrito por:  anônimo

Olá , esse é meu primeiro conto, aconteceu quando tinha 21 anos e recebemos a visita de uma prima do interior de minas para passar o carnaval com nossa família no Rio de Janeiro. Priscila tinha 25 anos, loira, 1,70 e 65 kg, um bumbum lindo e seios grandes; Chegou no Rio toda animada para passar o carnaval, nos dias que antecederam a folia eu não pensava em outra coisa a não ser naquele corpo delicioso, como menino louco de vontade já tinha me masturbado várias vezes pensando naquela bundinha deliciosa, quanto ficávamos na piscina então, cheguei a gozar dentro da sauna com ela deitada de bruços sem perceber admirando e desejando aquela delicia de mulher.

Até que a sorte sorriu pra mim, quando fomos já na primeira noite para o carnaval, saímos num bloco e ela fantasiada de enfermeira, ficávamos grudados o tempo todo e eu não parava de roçar no corpo dela toda vez que a gente seguia dançando, sentia cada parte daquela bunda deliciosa esfregando no meu pau que o tempo todo permanecia duro doido para entrar naquela bundinha; Tive certeza que ela percebia e estava se deliciando com minhas investidas e esfregadas , mas naquele primeiro dia tive minhas dúvidas. 

Depois de dançar e brincar muito na rua fomos para o prédio e já no elevador com tantas gargalhadas ela de costas pra mim falou que estava apertada para fazer xixi e não parava de rir da sua urgência em ir ao banheiro, forçava aquela bunda na minha cintura e ria sem parar, meu pau já estava duro e adorando aquele sarro gostoso, quando então ela não segurou e começou a mijar ali mesmo, senti o quentinho do seu mijo nas minhas pernas, meu pau ficou ainda mais duro , já forçando no reguinho dela entra a bundinha deliciosa, que agora estava todinha mijada, ela não perdeu tempo, percebeu o meu tesão e esfregou com mais vontade, virou o rosto para trás e me beijou com força , sugava minha língua, dizia que estava morrendo de tesão por ter mijado gostoso no meu pau, queria sentir minha boca chupando aquela bucetinha toda mijada, entramos quietinhos no apartamento, ela foi tirando o shortinho e a calcinha, sentou na minha cama, abriu as pernas e falou que a chupasse com vontade, que sugasse toda aquela bucetinha molhada de tesão e de xixi, não perdi tempo , lambi gostoso, suguei a bucetinha feito um louco , beijava o clitóris, mordia de leve e chupava mais e mais , ela se contorcia, gemia baixinho para ninguém ouvir, pedia para enfiar a língua dentro dela que iria mijar na minha boca, aquilo me excitou como nunca, pedi para mijar gostoso, ela não demorou a soltar jatinho de mijo na minha boca enquanto eu chupava e metia a língua dentro dela, meu pau estava latejando e grosso como nunca, ela então sussurrou no meu ouvido: come essa bucetinha mijada meu vadio, meu puto , meu priminho safado, coloquei a cabeça na entradinha da bucetinha dela e numa estocada só penetrei fund , ela soltou um gritinho, e não parava de socar dentro, metia com força, metia tudo dentro daquela bucetinha molhadinha de tesão e mijo, ela rebolava no meu pau sem parar, eu apertava seus seios e mordia o biquinho durinho, colocava a mão dentro da boca dela que mordia de tanto tesão , quando então ela falou que iria mijar no meu pau, eu estava socando forte e fundo e ela começou a mijar em jatos no meu pau. Foi a noite de carnaval mais deliciosa e molhada da minha vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário