| DICA!: Comece a acessar como: QueroScat.com


quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Por que homens gostam mais de scat do que mulheres?

 Autor Parceiro Este texto foi previamente autorizado a ser replicado.
por Leon Scat. 38 anos, hétero, SP.

O scat é tido como uma prática essencialmente masculina. Nestes 12 anos em que pesquiso o assunto, conheci pouquíssimas mulheres que sentiam algum prazer em fornecer scat. Quando digo pouquíssimas, é porque não enchem os dedos de uma mão.

Quando abro a uma sala de Bate-papo no UOL, para falar sobre o assunto, os homens dominam as presenças em 99,99% dos casos. Uma ou outra garota de programa lá entrou, mas não passou disso.

Por que os homens (héteros ou gays) curtem mais o scat do que as mulheres?
O segredo pode estar na fase anal. Freud, o pai da psicanálise, diz que "nesta fase, a zona de erotização central é o ânus e o modo de relação está intimamente ligado à atividade e passividade, ou seja, ao controle dos esfíncteres (anal e uretral).

É quando aprendemos sobre controle, limites, através dos movimentos de expulsão (doar, eliminar, excluir) e retenção (ter, segurar, controlar, reter, guardar). Ocorre a internalização do não. "Não coloque o dedo aí. Não pode. Isso é feio. É sujo."

Logo, a fixação na fase anal leva ao scat. As brincadeiras com as fezes permanecem na vida adulta. É bom lembrar que esta fase acontece entre um ano e meio e três anos de idade.
Os gays, normalmente, sentem mais fixação na fase anal, seja em passividade ou atividade. Por isso, é muito mais comum encontrar homens e gays praticantes de scat.

Na contramão, as mulheres são criadas como limpinhas, bibelozinhos, higiene máxima. O que, de certa forma, prejudica o gosto que poderiam desenvolver pelo scat.
Por hoje é isso, gente! Um cheiro no cu! E entrem em contato comigo pelo skype: amocheirarmerda@hotmail.com.


Texto extraído do blog scatsexo.blogspot.com de autoria de Leon Scat.
Escrito em janeiro de 2015 - Todos os direitos reservados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário