| DICA!: Comece a acessar como: QueroScat.com


quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Sim, há mulheres que também gostam de cu, principalmente masculino!

 Autor Parceiro Este texto foi previamente autorizado a ser replicado.
por Leon Scat. 38 anos, hétero, SP.

Não é novidade que, no consenso popular, 99% dos homens adoram cu. Tem que curta somente o cu feminino, somente o cu masculino e os dois. Então, logicamente, num casal hétero, por exemplo, é mais do que comum o homem pedir para sua parceira o sexo anal, lambidas, cheiradas e dedadas no cuzinho dela.

Porém, tem muito homem que fecha a cara se a mulher vira e pede o mesmo para ele. Ainda que sem penetração, muitas mulheres adoram brincar com um cuzinho masculino, com toda a delicadeza do mundo. Querem colocar o dedo, cheirar, dar lambidas. Outras curtem até a penetração com a famosa inversão, que é colocar aquela cinta com um pinto e comer o cu do cara.

E aí que, passados XX séculos da era cristã (agora estamos no XXI), a sociedade continua extremamente machista e julgadora. E o homem, geralmente, acha que macho é aquele que tem cu virgem de todas as formas. Que, se alguém encostar no cu dele que seja, a masculinidade vai para o espaço. Pura bobagem.

Bom, primeiro falando do ponto de vista feminino. Assim como para o homem o cu é um fetiche, algo íntimo, para a mulher também pode ser. E, se sua parceira é doida por você, se é apaixonada, se te ama ou se só morre de tesão por você (ou tudo isso junto), por que você, homem, não pode também realizar a fantasia, o desejo dela?


Ser macho não quer dizer ter cu intacto ou virgem. Claro que você, homem, não precisa dar o cu. Mas se a mulher com quem você sai tem a tara, o fetiche de brincar um pouco com ele, com o dedo, com a língua, qual o mal? Você mudará de sexo por causa disso? Mudará de gênero ou de orientação sexual? Não!!!!

Sexo é uma troca e se sua parceira faz tudo por você, é justo que você faça tudo por ela. Estive conversando recentemente com algumas moças que curtem scat. Adoram fornecer cocô, gostam de ser estimuladas no cu. Mas a maioria delas (isso não é regra e sim coincidência, mas serve como demonstrativo) me disse que gosta também de brincar com o cu do parceiro. E que ele, geralmente, se recusa a deixar.

Aí, pode vir um homem, com razão, me questionar: tudo bem, não tenho preconceito, mas também não tenho tesão nem excitação em que minha parceira mexa no meu cu. Ao pensar isso, pergunte a ela quantos desejos e fantasias ela realizou para você sem também sentir esse tesão ou excitação todos. Mas, com certeza, ela fez para ver sua cara de prazer e tesão e, aí ela também ficou com tesão. E por que o homem não pode fazer o mesmo? Pode sim!

Então, vamos ás conclusões deste post.

1) Mulher também pode gostar de cu, sim! Qual o problema? Nenhum!
2) O homem não perderá a masculinidade (muito pelo contrário, ganha pontos com sua parceira) se realizar as fantasias e desejos dela com o cu masculino.
3) Homem não será menos macho se tiver tesão no próprio cu. Cu não é intocável!
4) Esta é mais uma prova de que a sociedade continua extremamente machista, conservadora e julga as pessoas com gostos diferentes.
5) Não seja um desses boçais. Seja um gentleman. Educado e polido com sua parceira e com as mulheres. Você só tem a ganhar.

É isso aí, gente. Um cheiro no cu e não se esqueçam de me procurar no skype no e-mail amocheirarmerda@hotmail.com 


Texto extraído do blog scatsexo.blogspot.com de autoria de Leon Scat.
Escrito em fevereiro de 2016 - Todos os direitos reservados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário