| DICA!: Comece a acessar como: QueroScat.com


quinta-feira, 16 de maio de 2019

Recebendo um longo e profundo cheiro de peido pornô.

texto sobre eproctofilia e o fetiche por peidos


Este texto foi escrito por Samantha Cole do site E-News.us - na qual explora
amorosamente o fetiche por peidos, que podem ser encontrados na web. 


“Se algo existe, há pornografia disso:” 

Durante o relato desta história, observei a Bunny Ratchet (atriz pornô) peidar dezenas de vezes. Ela os deixa sair enquanto passeia pelo corredor de mercearias, cria bolhas com eles na banheira, os solta por tangas, jeans e leggings de couro, e os coloca no pau do namorado. Estou quase a ponto de cheirar a visão, já vi e ouvi tantos peidos até agora - mais do que ouvi em todo o resto da minha vida até esta semana.

o fetiche por peidos
Bunny Ratchet - Atriz pornô de peidos.

Ratchet é uma das raras criaturas que se especializam em pornografia de peido. Ela está fazendo pornografia há apenas um mês (março/2019), mas, nesse mês, postou 15 vídeos no Pornhub e acumulou mais de 100 mil visualizações, principalmente de pessoas que procuram o conteúdo que transmite "o mal cheiro". Uma busca por “peido” na plataforma retorna quase 10.000 vídeos, a maioria de mulheres, sozinhas, bundas apontadas para a câmera, deixando-as sair o ar.

Conhecido clinicamente como eproctophilia, o fetiche por peidos envolve a excitação sexual de sair o gás. Essa é a definição ampla; mas pode ficar mais complicado. Pode significar o ato submisso de ser peidado, ou o domínio de peidar em outra pessoa. Alguns entusiastas dizem que o cheiro os excita, enquanto outros gostam do som. Há entusiastas que se intrometem no scat porn, ou peidam em comida (mas não estamos aqui para falar de “cake farts” - isso vai muito além do que peidar em bolos.)

porn peidando no bolo


Para aqueles que os amam, há centenas de maneiras de desfrutar um peido, mas a maioria dos fetichistas com quem falei disse que era mais do que o gás em si. É a intimidade despreocupada entre o casal. Estar assistindo a oposição de uma mulher bonita soltando uma enorme e desagradável bufa, gemendo e chegando ao orgasmo por isso. Alguns até dizem que é uma coisa de BDSM: o pensamento de alguém peidando em seu rosto, sem escapatória.

Para chegar a fundo deste fetiche altamente tabu, falei com entusiastas, terapeutas e praticantes das artes dos peidos.


Um peido que você conhece em qualquer lugar

Ao contrário de outras fantasias sexuais, esse fetiche não evoluiu da cultura popular ou da internet. Ficar com tesão por peidos fica muito atrás de outros fetiches - pelo menos até o início de 1900.

“Para intensificar a experiência de ver pornografia,
eu tocava na minha bunda e cheirava meu dedo.
Parecia que eu estava cheirando a sujeira do vídeo ”

Seria errado não começar com um exemplo clássico de um fetichista de peidos bem documentado: o romancista, poeta e autor de Ulisses, James Augustine Aloysius Joyce. Ele escreveu essas palavras em uma carta para sua querida esposa Nora em 1909:

James Joyce.

"Você teve uma bunda cheia de peidos naquela noite, querida, e eu fodi eles fora de você, grandes e gordos companheiros, longos ventosos, pequenas fissuras alegres e um monte de minúsculos peidinhos safados terminando em um longo jorro do seu buraco.
É maravilhoso foder uma mulher que peida quando a cada foda que ela leva. Acho que saberia o peido de Nora em qualquer lugar. Eu acho que eu poderia escolher o dela em uma sala cheia de mulheres peidando. É um barulho bastante feminino, não como o peido molhado e ventoso que eu imagino que as esposas gordas têm. É repentino, seco e sujo como o que uma menina ousada soltaria se divertindo em um dormitório da escola à noite.
Espero que Nora não desista de seus peidos na minha cara para que eu possa conhecer o cheiro deles também."


Não se sabe como começou o fetiche de Joyce, se ele era fã de todos os peidos ou apenas os de Nora. Mas para os amantes dos peidos modernos, o fascínio geralmente começa em seus anos de formação. E estar online certamente ajuda a autodescoberta.


"Minha lembrança mais antiga de um vídeo de peidos 
foi uma mulher que incendiou o seu próprio peido"

Me disse um estudante de cinema com quem a atriz Ratchet colabora e, às vezes, co-estrela.

mulher peidando no porno

“Eu vi enquanto assistia pornografia na internet em uma idade jovem, provavelmente por volta dos 12 anos de idade… Para intensificar a experiência de ver pornografia, eu tocava na minha bunda e cheirava meu dedo. Parecia que eu estava cheirando a sujeira do vídeo. O cheiro realmente intensificou a experiência para mim, e acho que, eventualmente, assistir a um peido de garota foi a tradução perfeita para esse cheiro. ”

Um leitor me disse em uma mensagem que é "muito difícil" apontar onde sua vontade começou.
"Eu acho que crescer com desenhos animados infantis que apresentam muito humor com peido e coisas assim definitivamente contribuíram para o fetiche, então um dia eu encontrei um vídeo de uma garota peidando no YouTube e tive o fetiche desde então".

Outro leitor me disse em uma mensagem que, mesmo antes de aprender sobre sexo, ele sabia que peidos eram especiais para ele.
"O conceito de peido me deu essa sensação estranha desde que me lembro", disse ele. "Isso aconteceu anos antes de eu saber o que era sexo e excitação."
Ele acredita que nasceu desta maneira, e que o fetichismo por peidos não é uma escolha, mas sim um despertar.


“Uma expectativa de beleza - ironicamente”

Certamente eu posso afirmar que: os sons de meus colegas de escola soltando peidos na aula nunca significaram nada para mim. Mas para outros, talvez achassem aquilo confuso e excitante, quando se deparavam com a paixão de sua infância rindo e soltando um pum em sua direção. Eu perguntei a Debra Laino, sexóloga clínica e terapeuta de relacionamento, o que faria uma pessoa sentir um pum atraente. Enquanto ela me dizia em um e-mail que ela nunca teve um cliente pedindo ajuda para lidar com este fetiche, ela teria algumas teorias.

"Se você está perto da pessoa que ama e não pode peidar, isso sim é uma vergonha"

“Fetiches, em geral, podem começar por muitas razões, como uma paixão da infância que peida, e a ansiedade / constrangimento pode se transformar em excitação (que é chamado de imprinting sexual), ou durante o sexo se alguém peida antes da alta excitação. como antes do orgasmo) pode se tornar fetichista também ”, disse ela. “Outra ideia é que uma mulher bonita tendo um lado 'nojento' torna-a misteriosa e excitante ao mesmo tempo, e pode atrair um homem que tem uma expectativa de beleza - ironicamente.”


Justin Lehmiller, pesquisador do Instituto Kinsey, contou em um e-mail que, para alguns, ele suspeita que o fetiche de peidos é um comportamento aprendido. “Muitos fetiches sexuais são aprendidos através do condicionamento clássico, no qual um estímulo neutro chega a ser sexualmente excitante como resultado do emparelhamento repetido com um estimulo estimulante”. Ou seja:
você assiste a algum filme pornô com peidos, tem um orgasmo realmente bom e começa a associar peidos a grandes orgasmos.


A autenticidade do peido

pornô de mulher peidando
Kelsey Obsession, atriz em ascensão de Fart Porn.

Agora que estabelecemos por que as pessoas gostam de peidar no sexo, é hora de abordar o que até mesmo os fetichistas de peidos mais experientes se perguntam:

Então como estes peidos são feitos?


Alguns artistas experimentam efeitos de som ou peidos pré-gravados e editados em vídeo. 
Bunny Ratchet - a triz pornô do começo desta matéria - usa um método de inserção, usando um bulbo de enema para forçar um pouco de ar no ânus, e simular um peido natural antes de filmar.

“O som e a intensidade do peido realmente importam se você prefere um 'peido natural', e é por isso que temos que ser o mais genuíno possível”, ela me disse. “Alguns fãs podem ser contrários à ideia de um peido ser inserido, o que por sua vez o torna falso, mas a minha resposta oficial é que eu desafio você a tentar inserir ar na sua bunda e depois peidar. Te dou a minha palavra que se torna muito natural e todo o cheiro é real, se não mais."


A autenticidade do peido é importante porque, como mencionado, não é sobre o som isolado ou cheiro, realmente. Não é sobre o peido, mas o que o peido representa.


“Nós vivemos em uma sociedade onde peidar é um tabu. Você não deve peidar perto dos outros”, disse outro leitor do site.

“Se você sente cheiro de peido - ou mesmo peida perto dos outros, você finge que nada aconteceu, ou você vai ficar com cara feia, ou ainda alguém vai tirar sarro de você. Você deveria estar envergonhado de fazer isso perto de outras pessoas. 
Então, de uma maneira esquisita, isso faz com que o ato seja apenas peidar livremente perto dos outros. Ou mesmo peidar intencionalmente pra alguém que você seja estranhamente íntimo, porque você está compartilhando uma coisa que você se esforça para esconder de todos o resto do mundo". 

Ӄ sobre a intimidade de compartilhar algo que o resto da sociedade considera repugnante".

atriz porno de fart porn
Bunny Ratchet

"Eu acho que muitas garotas se beneficiariam de sentir que podem peidar abertamente, é por isso que é tão triste quando eu ouço garotas falarem sobre ter que segurar isso o tempo todo", disse Ratchet. 

"Se você está perto da pessoa que ama e não pode peidar, isso sim é uma vergonha ...
O amor é aceitar a outra pessoa por quem ela é".

5 comentários:

  1. eu sempre tive a mania de soltar pum na mão e cheirar.... será que isso é normal? kk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é normal, coisa que qualquer pessoa faz no cotidiano, mas não acho vergonhoso de forma alguma

      Excluir
    2. mirelly vc manda audio peidando?

      Excluir
  2. eu também faço essas coisas com frequência, adoro cheiro de cu suada e de peidos,

    ResponderExcluir
  3. Minha mulher sempre gostou da ideia, mas eu não, hoje faço pra agradar ela. Sempre que ela chega do trabalho ja vem tirando a calcinha e dizendo que tem um dos grandes pra mim hoje

    ResponderExcluir