| DICA!: Comece a acessar como: QueroScat.com


sábado, 29 de junho de 2019

Não pode dar merda! - Um choque de realidade pra você.


por Gustavo Scat (Loiroomegle) 

Este texto é chato, mas necessário.
Zero por cento erótico.

Sabe a frase “faça o que eu digo, não faça o que eu faço”?
Tendo consciência das proporções de público que o blog QueroScat atinge,
 eu preciso sim dar uma palavra amiga mais sensata pra você.
Afinal, você sabe que não vivemos no país das maravilhas.

Leve em consideração.

Vamos falar sobre o que talvez já sabemos, mas não podemos nos esquecer.
O bom scater sabe bem onde pisa. - E não é em cocô de cachorro.


As Doenças. 
S
im, infelizmente elas existem.
Maldito mundo que tudo o que é prazeroso nessa vida, faz algum mal. Consequências... fazer o que.
Sexo com merda pode sim lhe causar alguma doença. Saiba disso. Como transar sem camisinha, também. Tanto quanto inconsequente.
Você precisa ter em mente que praticar de fato sexo envolvendo fezes pode (ou não) lhe causar algum mal. Sinto lhe dizer.
O que você pode fazer daqui pra frente (e sempre) é seguir alguns conselhos meus:

Correr o risco? 
Saiba que se um dia você for realmente praticar algo relacionado a scat, seja com você mesmo ou com alguma outra pessoa, você correrá riscos como tudo na vida. Você precisa se perguntar se isso valerá a pena. O quanto isso é importante pra você?

Bom senso: Saiba o seu limite e o do próximo. Use sim um pouco do racional e não se deixe levar totalmente pelo tesão. Tem muita gente que extrapola com o fetiche... pode ser delicioso de assistir, eu confesso, mas na “vida real” as coisas são diferentes. E o corpo e mente do outro são completamente diferentes de você.
Saiba dosar o prazer com o limite.

Consenso: Nunca, em hipótese alguma, pratique scat (ou qualquer outra coisa!) se for um ato forçado. Se você ou outra pessoa/ser vivo, não quiser/ou souber que quer/não estiver lúcida para praticar tal ato, não o faça. Isso também serve para você não aceitar praticar algo por pressão.
Além de antiético e desrespeitoso, isso é totalmente ilegal e trará uma hora ou outra consequências severas.
Fora que esse tipo de coisa é absurdamente repudiante.
O maior principio por aqui é o respeito. - Afinal, você preza por ele quando as pessoas falam mal do seu fetiche, não é?

Segurança: Tenha sempre em mente que a sua saúde é muito importante. Preze por  sexo com camisinha, faça regularmente testes de DST’s, não faça sexo com desconhecidos, jamais se envolva sexualmente com excrementos de banheiro público e não abuse dos limites físicos e psicológicos de seu corpo (e de seu parceiro ou parceira).
Quanto menos você exagerar, mais saudável você estará. - E mais chances de dar tudo certo.


Aí depois de ler tudo isso, você me questiona:
- Mas que hipocrisia você falar tudo isso sendo dono de um blog de fetiche por merda! 

E então eu dou a minha cartada final:

O lado bom do blog:
Tenha em mente que o blog existe como conteúdo fetichista, não podendo ludibriar você a tomar escolhas e sequer reproduzir algo que já tenha sido postado ou escrito por aqui.
Use o blog apenas para tirar conhecimento e sentir tesão. Não use como exemplo, mas se satisfaça com ele.

Se masturbar assistindo um vídeo ou lendo um conto por exemplo, não lhe fará mal algum. - pelo contrario.
Te ajudará no autoconhecimento e na sua realização sexual, não precisando se reprimir.

Este é um dos motivos da existência do QueroScat: Suprir as suas necessidades ou desejos, por mais que eles possam ser fantasiosos. A escolha é sua.
- Então também vale imaginar que fará algum dia ;)

E pra fechar nossa torta de climão com cobertura de chocolate: 

Seja feliz. Essa dica não é menos importante que as outras.
O que importaria, seguir todas as regras da vida minuciosamente, se não se sentisse bem em vive-la? - Só não vale viver totalmente sem escrúpulos, se não ela acaba.

Faça o que eu digo, não faça o que eu faço. - Nem o que os outros fazem. ;)

Um comentário:

  1. Sou iniciante. Tem algum medicamento que a gente pode usar após praticar o ato? Tenho fetiche por scat, mas não tenho vontade de comer. Vlw.

    ResponderExcluir