img-responsiva

DICA!: Novidades do blog pelo twitter: @ScatGustavo

sexta-feira, 3 de julho de 2020

Divulgação: Vídeo Scat: Garoto mastiga a própria merda em vídeo personalizado para o QueroScat.


 Enviado pelo Leitor - Divulgação | Divulgação enviada por um leitor do blog.
por Pig Scat, gay, de Londres. 

- Estou procurando merda para mastigar.

DESCRIÇÃO DO VÍDEO
Garoto grava vídeo personalizado mostrando uma plaquinha escrito "QUEROSCAT", caga no chão, pega a própria bosta e mastiga.


Contatos: Twitter: @pigscat1


BÔNUS: Mais vídeos dele mastigando bosta!

DESCRIÇÃO DO VÍDEO
Detalhe da boca mastigando merda.


DESCRIÇÃO DO VÍDEO
Mastigando a merda do prato.



*Só são realizadas divulgações que apresentarem fotos ou vídeos personalizados mencionando o site QueroScat.com

 Enviado pelo Leitor - Divulgação | Clique aqui para ter acesso a todo conteúdo produzido por leitores.
Mande o seu texto, experiências, fotos e/ou vídeos para: tavolinder@hotmail.com
Você pode aparecer por aqui. Para validar o seu material, importante se identificar com:
Nome/APELIDO FICTÍCIO, Idade, Orientação Sexual e Localização. Se desejar divulgar
algum contato, especifique-o no e-mail com a frase "Quero divulgar o meu contato".

6 comentários:

  1. TUDO na vida tem a sua razão de ser. Em poucas palavras, a prática de ingerir fezes é algo bastante natural e lógico. com as facilidades da vida moderna, ficou fácil o acesso aos alimentos, o que proporciona ao homem moderno várias refeições ao dia. É natural, portanto, que seu cocô seja altamente rico em nutrientes. A sua ingestão é, portanto, um gesto ecológico. Se ao contrário vivêssemos em época de escassez de alimentos, nossa digestão seria muito lenta, aproveitando todos os nutrientes da refeição e produzindo um cocô pobre em nutrientes, que não "valeira a pena" ser ingerido. Isto para mim é bastante lógico.

    ResponderExcluir
  2. continuando, as pessoas que ingerem cocô são iguais aquelas que tem vontade de "comer terra", ou mesmo se assemelham às mulheres grávidas, que tem todos os tipos de desejos alimentares mais estranhos. Nada mais natural: é o "bicho" homem, atávico, ancestral, buscando nutrientes atraves da diversificação da ingesta.

    ResponderExcluir
  3. UM OUTRO ASPECTO interessantíssimo da razão de ser do SCAT: a troca de flora bacteriana intestinal. Eu tenho ouvido relato de pessoas que fizeram cirurgias do intestino, ou que tomaram grande quantidade de antibióticos para doenças do trato intestinal. Muitas delas relataram à contragosto uma estranha vontade de comer cocô. As que venceram a repulsa inicial, relataram ter gostado do sabor, e que após poucas porções ingeridas ficaram completamente curadas.

    ResponderExcluir
  4. CONCLUINDO: nós, praticantes do scat, somos pessoas limpas, ecológicas, corajosas e conscientes da nossa missão de manter através de milhares de gerações e de (mesmo sem o saber) propagar aos nossos semelhantes as mais importantes bactérias para a vida: flora intestinal humana.

    ResponderExcluir
  5. E PRA FINALIZAR: para as pessoas que sofrem de doenças intestinais incuráveis, já está sendo praticada em hospitais - escola com amplo sucesso a técnica de "transplante de fezes". Já estão até cadastrando doadores.

    ResponderExcluir
  6. Oiê blza ❓gosto de chupar cu e fico preocupado com vermes será que tem a ver ❓também tenho vontade de me lambuzar e o parceiro também 👅👃🏻💩

    ResponderExcluir